• Nutrinha

As novas balinhas saudáveis: será?

O nova onda do mercado dos alimentos saudáveis tem nos proporcionado muitas descobertas de alimentos e sabores. Como vimos no post anterior, o consumo de alimentos industrializados se tornou muito frequente na nossa vida principalmente pela praticidade e o fácil acesso. Prometendo facilitar a nossa rotina, as empresas alimentícias durante muito tempo criaram e distribuíram alimentos práticos, agradáveis ao paladar porém pobres em nutrientes. A onda virou. Cada dia mais se fala e se busca alimentos saudáveis de verdade. A preocupação com a saúde está cada vez mais em evidência, e é claro, a indústria tá entrando na dança. CUIDADO! A verdade é dura: a indústria não quer te vender saúde. A indústria quer apenas o seu dinheiro. E as blogueiras fit que a gente tanto amam são o passaporte perfeito pra eles chegarem no consumidor (ou seja, nós!).

Recentemente uma marca de balas de gelatina lançou uma nova linha prometendo balinhas saudáveis (quem ainda não ouviu falar, é só dar um Google!). OPA! Era tudo que a gente queria, né? Aquelas balinhas deliciosas que nosso paladar foi criado para amar, só que recheada de nutrientes. É óbvio que eu como qualquer pessoa fui correndo conferir. São várias as opções: com fibras, com vitamina C, com colágeno, ômega 3 e por aí vai. E porque nos sentimos tão atraídos por esse tipo de produto? Bom, nascemos em uma geração que cresceu alimentando o paladar com açúcar e gordura, o principal veneno nos alimentos industrializados. Por isso esse tipo de proposta nos é tão sedutor. Sejamos honestos? Menos de 10% da população sabe identificar a qualidade de um alimento lendo o rótulo. As balinhas tinham tudo para serem um sucesso até que eu resolvi vir aqui te ajudar! RÁ!

Eu estudei para identificar e saber diferenciar o que é saudável de verdade do que não é. Reconheço uma embalagem apelativa de longe. Desconfio sempre. Com as balinhas não foi diferente, e ó, não precisou de muito pra descobrir que não se passa de uma bela furada. O ingrediente principal é o açúcar seguido de xarope de glicose (mais açúcar!!!).

Resumo da história: pra quê complicar o que é simples? Quer ingerir mais fibras? Come mais salada. Quer mais vitamina c? Toma mais suco de acerola. Quer mais ômega 3? Insira linhaça. Um nutricionista vai te ajudar a resolver essa ingestão de uma forma muito mais simples e sem esse monte de açúcar por trás. Não sou contra uma dose de açúcar uma vez ou outra quando se tá com vontade. Acho que nos faz bem e mais felizes. Só não pensem eles que vão vender açúcar mascarado de saúde achando que ninguém vai reparar. Nós vamos.

Siga

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle

​© 2019 E AGORA, NUNTRINHA? - PORTO ALEGRE, RS l BRASIL